Polícia Civil do Estado do Acre

Polícia Civil do Acre colabora com Operação Abate para combater sonegação fiscal no comércio de carne bovina

Na manhã desta quarta-feira, 4, a Polícia Civil do Acre (PCAC), através da Delegacia de Polícia Interestadual (Polinter), prestou apoio à equipe da Polícia Civil de Santa Catarina em uma operação conjunta denominada “Operação Abate”. O objetivo principal da operação é combater a sonegação de impostos no abate e comércio clandestino de carne bovina.

A operação contou com a participação de policiais civis e auditores fiscais de Santa Catarina, Mato Grosso do Sul, Acre e Rio Grande do Sul. Um total de 17 mandados de busca e apreensão foram cumpridos em diversas localidades, incluindo Itajaí e Balneário Camboriú, no Litoral Norte de Santa Catarina, além de Rio do Sul e Lauro Mueller.

Em Rio Branco, capital do Acre, foi cumprido um mandado de busca e apreensão em uma empresa de comercialização de carne bovina localizada no bairro Ipasa. Durante a ação, documentos e equipamentos eletrônicos foram apreendidos como parte das investigações.

“A Operação Abate é uma resposta conjunta das autoridades policiais e fiscais para combater a evasão fiscal e o comércio ilegal de carne bovina, que pode representar perdas significativas para os cofres públicos e prejudicar a indústria pecuária legal e regulamentada”, informou o delegado da Polinter, Roberth Alencar.

Roberth Alencar ressalta ainda que as autoridades envolvidas na operação estão empenhadas em identificar e punir aqueles que desrespeitam a legislação tributária e comercial, buscando garantir a integridade do mercado de carne bovina e o correto pagamento de impostos.

A PCAC e demais instituições participantes da Operação Abate seguem trabalhando em conjunto para apurar os detalhes e as irregularidades relacionadas ao comércio de carne bovina, visando garantir a legalidade e a transparência nesse setor essencial para a economia do país.

Assessoria/ PCAC

contador de visitas para site