Polícia Civil do Estado do Acre

Polícia Civil promove palestra sobre Violência Doméstica em Manoel Urbano

Na manhã da última terça-feira, 05, a delegada de Polícia Civil de Manoel Urbano, Jade Dene, acompanhada pelos agentes de polícia civil, Jamaica e Justino, proferiu uma palestra esclarecedora sobre o tema da Violência Doméstica. O evento foi direcionado aos funcionários do setor de transporte local, com o objetivo principal de promover a conscientização sobre a violência doméstica e suas diversas manifestações.

Com um público atento e engajado, a palestra abordou questões cruciais relacionadas à violência doméstica, seus diferentes tipos e como identificá-los. A Delegada Jade Dene, uma autoridade respeitada na área de direitos humanos e segurança pública, compartilhou seu conhecimento e experiência para sensibilizar os presentes sobre essa questão séria e preocupante.

Durante a palestra, foram discutidos os diferentes tipos de violência doméstica, destacando-se:

• Violência Física: Agressões físicas que resultam em ferimentos, contusões ou qualquer tipo de dano físico à vítima.

• Violência Psicológica: Abuso emocional, incluindo ameaças, humilhações, controle excessivo e manipulação.

• Violência Sexual: Qualquer forma de coerção ou abuso sexual dentro do ambiente doméstico, incluindo estupro conjugal.

• Violência Financeira/Econômica: Controle financeiro abusivo, privação de recursos econômicos e patrimoniais, que afetam a autonomia da vítima.

• Violência Moral: Desrespeito à honra, imagem e reputação da vítima, incluindo difamação e calúnia.

“É importante reconhecer essas formas de violência, muitas vezes sutis, mas igualmente prejudiciais. A denúncia é um passo crucial para a proteção das vítimas e a responsabilização dos agressores”, enfatizou a delegada de polícia civil, Jade Dene.

Os funcionários do setor de transporte foram incentivados a serem agentes de mudança em suas comunidades, identificando sinais de abuso e apoiando as vítimas. A iniciativa da Delegacia de Manoel Urbano de promover palestras educacionais como essa é fundamental para criar uma sociedade mais informada e comprometida com a erradicação da violência doméstica.

Assessoria/ PCAC

contador para blog