Polícia Civil do Estado do Acre

Polícia Civil entrega novos RGs à comunidade indígena de Mâncio Lima

No início desta semana, a Polícia Civil do Acre (PCAC), por meio do Instituto de Identificação, concluiu a entrega de identidades para os indígenas da aldeia Poyanawa, em Mâncio Lima. Iniciada em outubro, essa ação busca não apenas fornecer documentos, mas também promover a inclusão do sobrenome Poyanawa nos nomes completos e certidões de cada membro da aldeia, preservando assim a identidade cultural e histórica desses cidadãos.

Durante o período da iniciativa, mais de 500 atendimentos foram realizados, destacando o comprometimento da PCAC em atender às necessidades específicas da comunidade indígena. Os policiais envolvidos na entrega foram pessoalmente até a aldeia, entregando as identidades diretamente ao cacique, figura central na organização interna da comunidade, para que fossem distribuídas aos membros.

“Um dos principais objetivos dessa ação é a inclusão do sobrenome Poyanawa, um elemento que vai além do aspecto burocrático da identificação, sendo crucial para a preservação da rica herança cultural e histórica dos indígenas. Essa medida não só reforça o vínculo cultural, mas também reconhece a diversidade étnica presente no estado do Acre”, explicou o diretor do Instituto de Identificação do Acre, Júnior César da Silva.

Vale ressaltar que a Polícia Civil do Acre realiza anualmente um trabalho contínuo de atendimento e entrega da Carteira de Identificação Nacional (CIN), com foco em comunidades locais de difícil acesso. Ao longo de 2023, mais de 100 mil cédulas foram entregues em todo o estado. O Acre, ao ser um dos primeiros estados a implementar a CIN, destaca-se nacionalmente não apenas pela modernização do sistema de identificação, mas, sobretudo, pelo reconhecimento da importância vital dessa documentação para a efetiva cidadania dos acreanos.

Assessoria/ PCAC

contador de acesso