Polícia Civil do Estado do Acre

Polícia Civil do Acre prende mulher acusada de cumplicidade em caso de estupro de vulnerável

Nesta sexta-feira, 24, a Polícia Civil do Acre (PCAC) realizou a prisão de uma mulher de 51 anos, sob a acusação de cumplicidade no caso de estupro de vulnerável. A ação aconteceu na cidade de Rodrigues Alves e foi coordenada pelo delegado Dr. Marcílio Laurentino.

A detenção ocorreu um dia após a prisão do ex-companheiro da acusada, condenado por estupro de três filhas. A mulher agora enfrenta uma sentença penal condenatória pelo mesmo crime, na modalidade omissiva imprópria, e pode ser condenada a 13 anos de prisão em regime fechado.

“A PCAC agiu com base em um Mandado de Prisão, evidenciando o compromisso em garantir a justiça e responsabilizar aqueles que participam de crimes tão graves como o estupro de vulneráveis”, declarou Dr. Marcílio Laurentino.

Após a prisão, a mulher foi submetida a exame de corpo de delito e, em seguida, encaminhada ao Presídio Feminino de Cruzeiro do Sul. O caso ressalta a determinação das autoridades em coibir e punir qualquer forma de violência, especialmente aquelas que envolvem a vulnerabilidade de crianças e adolescentes.

Na data de ontem o esposo da presa, um homem de 54 anos, havia sido preso pela Polícia Civil acusado do crime de estupro de vulnerável, perpetrado contra suas três filhas menores de idade.

Assessoria/ PCAC

contador de visitas online