Polícia Civil do Estado do Acre

Polícia Civil do Acre fortalece capacitação em perícia balística para combate ao crime armado

Assessoria/ PCAC

A Polícia Civil do Acre (PCAC) está empenhada em aprimorar sua atuação no combate ao crime armado e na resolução de crimes violentos. Em parceria com o Sistema Nacional de Análises Balísticas (SINAB), a instituição promoveu na manhã desta sexta-feira, 25, uma capacitação de alto nível voltada aos peritos acreanos. O curso de perícias de microcomparação balística visa dotar os profissionais com ferramentas avançadas para a identificação precisa de autoria em casos envolvendo o uso de armas de fogo.

O treinamento, coordenado pelo Ministério da Justiça em conjunto com o SINAB, foi ministrado por um especialista do Espírito Santo, estado referência na área. “A expertise trazida pelo perito capixaba não apenas capacitará os profissionais locais, mas também proporcionará uma modernização substancial nas técnicas de investigação de crimes contra a vida”, informou o delegado-geral de Polícia Civil do Acre, Henrique Maciel.

O SINAB, por sua vez, tem como missão primordial prover as unidades de Perícia Criminal Oficial dos estados brasileiros e do Distrito Federal com Sistemas de Identificação Balística. A incorporação destes sistemas às rotinas de atendimento pericial permitirá a captura de imagens digitalizadas, a inserção em banco de dados e a realização de correlações automatizadas dos elementos de munição, como projéteis e estojos, provenientes de locais de crimes, vítimas de crimes violentos e armas apreendidas.

Um dos aspectos mais inovadores do projeto é a integração dos bancos de dados das Unidades da Federação e da Polícia Federal. Essa rede interligada possibilitará o compartilhamento e comparação de dados em âmbito nacional. Com essa abrangência ampliada na realização das perícias de microcomparação balística, a identificação de autoria em crimes envolvendo armas de fogo ganha uma eficácia substancial.

A iniciativa da Polícia Civil do Acre, em parceria com o SINAB e o apoio do Ministério da Justiça, reforça o compromisso das autoridades em fortalecer a capacidade de investigação, aprimorando as técnicas forenses e buscando soluções mais efetivas para a redução da criminalidade armada.

Com essa capacitação avançada, os peritos acreanos estarão ainda mais preparados para enfrentar os desafios impostos pela criminalidade contemporânea, contribuindo assim, para a segurança e a justiça em todo o estado.

contador para blog