Polícia Civil do Estado do Acre

Ônibus do Instituto de Identificação da Polícia Civil do Acre atende vítimas de alagamento em Rio Branco

No parque de exposição Wilde Viana, em Rio Branco, um ônibus do Instituto de Identificação da Polícia Civil do Acre (PCAC) está estacionado para atender às vítimas das inundações causadas pelas águas do rio Acre. Desde sábado, 02 , das 8h às 12h, e nos fins de semana subsequentes, além dos dias úteis, das 8h às 14h, a unidade móvel prestará serviços gratuitos de emissão de documentos para aqueles que perderam suas identificações devido à alagação de 2024.

O diretor do Instituto de Identificação, Júnior César da Silva, afirmou que o ônibus permanecerá no parque durante toda a semana para atender as vítimas. “Ressaltamos que o atendimento não é um mutirão aberto ao público em geral, mas sim uma iniciativa destinada especificamente aos desabrigados que tiveram seus documentos extraviados. Para ser atendido, o cidadão precisa estar munido do CPF, ou certidão de nascimento ou casamento (caso seja casado), ou certidão de viuvez”, explicou.

Estima-se que ao longo da semana sejam atendidas cerca de 60 pessoas ou mais. Essa ação do Instituto de Identificação é uma forma da Polícia Civil contribuir levando cidadania aos cidadãos que enfrentam momentos difíceis, como a perda de bens e outros transtornos decorrentes das inundações.

“O governo do Acre está profundamente sensibilizado com a situação e comprometido em colaborar com tudo o que for necessário para ajudar essas pessoas, pois é um momento de união e solidariedade, em que devemos estender a mão aos nossos concidadãos que mais necessitam. O trabalho conjunto entre os órgãos governamentais, instituições e a comunidade é fundamental para oferecer apoio e assistência às vítimas das enchentes”, explanou o Delegado-Geral da PCAC, Dr. Henrique Maciel.

Maciel ressalta ainda que a equipe do Instituto de Identificação da Polícia Civil está empenhada em prestar toda a assistência possível, oferecendo serviços de emissão de documentos para aqueles que perderam tudo nas enchentes. Estamos aqui para ajudar e garantir que essas pessoas tenham acesso aos recursos necessários para reconstruir suas vidas.

Após 30 dias, os cidadãos atendidos nessa ação específica poderão retirar sua Carteira de Identificação Nacional na sede do Instituto de Identificação, localizada na Avenida Antônio da Rocha Viana, ao lado do Instituto Médico Legal (IML).

A iniciativa visa facilitar a vida dos afetados pelas enchentes, fornecendo-lhes acesso rápido e gratuito à documentação básica, essencial para a retomada de suas atividades cotidianas e para o restabelecimento da normalidade em suas vidas.

Assessoria/ PCAC

contador de visitas blogger