Polícia Civil do Estado do Acre

Homem é preso por descumprir medidas protetivas e atacar vítima de violência doméstica

Na última terça-feira, 12, A.L.S, um indivíduo de 31 anos, foi detido pela Polícia Civil por descumprir medidas protetivas impostas pela 2ª Vara de Proteção à Mulher. A prisão ocorreu após uma série de ações que evidenciaram a reiterada ameaça e violência contra a vítima.

A.L.S. já estava sob investigação policial devido a acusações de ameaças, agressões físicas e violência psicológica contra a vítima. A mulher, cuja identidade não foi divulgada, buscou ajuda na Delegacia Especializada de Atendimento à Mulher (DEAM) e obteve a concessão de medidas protetivas. Contudo, mesmo ciente das restrições impostas pela decisão judicial, o acusado ignorou completamente as ordens legais.

O indivíduo, além de enviar mensagens ameaçadoras à vítima, realizou atos extremos ao incendiar seus pertences pessoais e os pertences da filha do casal, uma criança de apenas oito anos. Ainda mais alarmante, ele filmou o ato criminoso e enviou as imagens para a vítima, intensificando o trauma e o medo que ela já estava vivenciando.

“Diante da gravidade da situação e do flagrante desrespeito à decisão judicial, foi representado pela prisão preventiva de A.L.S. A autoridade policial destacou a importância de manter agressores como esse sob custódia, enfatizando que a sociedade não pode permitir que indivíduos que demonstram tão pouco respeito às leis e à integridade de outras pessoas fiquem em liberdade”, explicou a delegada responsável pelo caso, Mariana Gomes.

Esse caso é um triste lembrete da urgência de se abordar a questão da violência doméstica e de gênero de forma mais eficaz, oferecendo proteção às vítimas e responsabilizando os agressores de maneira adequada. A prisão de A.L.S é um passo importante na busca por justiça e segurança para a vítima e sua filha.

contador de visitas online