Polícia Civil do Estado do Acre

Em Rodrigues Alves, Polícia Civil elucida 100% dos homicídios e apresenta balanço das ações dos últimos doze meses

A Polícia Civil do Acre (PCAC), por meio da Delegacia Geral de Rodrigues Alves divulgou esta semana o balanço das atividades desenvolvidas ao longo do ano de 2023.

A produtividade aumentou significativamente no segundo semestre do ano passado, após a entrada no mês de junho de dez agentes de polícia e do delegado Marcílio Laurentino, provenientes da última ACADEPOL.

Os números apresentam aumento de 465% na quantidade de Inquéritos remetidos à Justiça, comparado ao primeiro semestre de 2023, tendo sido enviados ao Poder Judiciário, 21 Inquéritos no primeiro semestre e 98 no segundo semestre.

Também chamou a atenção a resolutividade de crimes de homicídios, que chegou à marca de 100%, tendo o ano fechado com 4 (quatro) homicídios, todos elucidados e com os responsáveis presos preventivamente, sendo o último um feminicídio onde o autor foi preso em menos de 24 horas, com uma taxa de resolutividade muito acima da média brasileira, que no ano de 2022 foi de aproximadamente 37%.

O delegado Laurentino destacou o empenho de toda a equipe, que não mediu esforços para investigar e realizar diligências, visando a captura de foragidos e autuações em flagrante, o que tirou de circulação indivíduos que estavam aterrorizando a cidade, que atualmente conta com 19 mil habitantes.

Destaca-se ainda a quantidade de representações por medidas cautelares, como prisões, busca e apreensão e medidas protetivas que chegou a marca de 54 representações, onde a maioria foram de mulheres que pediram ajuda na delegacia por serem vítimas de crimes sexuais e de violência doméstica.

A Delegacia também passou a contar com o disque denúncia, através do telefone: 68 99203-8160, que facilitou o trabalho de investigação e o acesso da população para efetuar denúncias com mais segurança.

Assessoria/ PCAC

contador